Esse espaço foi criado para divulgarmos crônicas sobre o Flu, tanto de escritores famosos quanto de iniciantes. Não deixe de conferir no final da página as crônicas anteriores.


Mercenários ou Mercadores

Queridos Amigos,

Reuni forças para escrever essas poucas e mal traçadas linhas de despedida em 2014...

Um ano que deveria ter sido de alegrias...

De Copa...

De conquistas !

Mas...

O preludio brilhantemente arquitetado pelo Dr Bittencourt anunciava o ano difícil que teríamos...

Sim.

Afinal, mesmo sem ter culpa nas falcatruas e “burrices encenadas” a seleFLU não pontuou em campo o suficiente para participar em 2014 da festa cruzeirense !

Mas paciência. Ficamos e jogamos ate com certa dignidade.

Digo certa pois já há muito tempo o Fluminense insiste em brincar de gangorra neste playground chamado brasileirão.

O mais interessante é ver que esse sobe e desce não tem a ver com qualidade de jogadores ou qualquer outro aspecto técnico.

É sempre motivado por fatores extra-campo !

Vaidades...

Invejas ...

E principalmente o vil metal !

Eu ate fiquei um pouquinho motivado a escrever algo sobre a vitória sobre os “manos”

Afinal foram 5 tentos e algumas boas defesas de nosso guarda-metas .

Mas a vontade passou após ouvir a entrevista do Frederico.

Suas palavras , a título de “desabafo” ecoaram em minha mente por muito tempo.

Fiquei pensando na motivação.

Imaginei que fosse por defender seus comandados do campo , na cobrança “injusta” que se fez.

Por outro lado poderia ser motivada pelos tais vinte meses de atraso no direto de imagem...

Direito de Imagem !

Concordo.

Sim, devem ter sido ate mais de vinte meses que a Imagem dele esta atrasada...

Aquela imagem que me lembra sua dedicação e determinação em querer jogar.

Ahhh , faz tempo mesmo.

Por outro lado , o termo “mercenário” também me fez pensar muito.

Ele afirmou que algum jornalista de forma “irresponsável” teria chamado a ele e outros guerreiros tricolores , de mercenários !

Ou pelo menos justificado nesse adjetivo a falta de empenho e raça nos jogos...

Puro engano !

Puro desconhecimento do que venha a ser realmente um “mercenário” ...

Eles , os “mercenários” verdadeiros , trocavam atitudes por dinheiro .

Simples assim.

Não questionavam propósitos ou defendiam ideais...

Apenas faziam e recebiam .

Mas....

FAZIAM !

Essa é a ENORME diferença no emprego do adjetivo para os guerreiros tricolores...

Eles nunca seriam “mercenários” pois os verdadeiros não tinham a cara de pau de receber e NÃO fazer...

O que vimos esse ano foi uma vergonhosa demonstração de descaso e pouco profissionalismo.

O que vimos foram "Mercadores"...

De todo lado.

Dentro e fora de campo...

Aliás muito mais fora de campo !

Cada um comercializando sua "mercadoria".

Buscando seu interesse próprio e único.

Fico muito triste com o desfecho futebolístico de 2014.

Ate agora ( e acho que nunca vou ) não me recuperei da goleada germânica.

Até agora não achei o rumo de casa após ser massacrado pelos Cearenses Americanos.

Até agora não me recuperei do baile tomado em dois rounds chapecoensianos...

E a cereja do bolo foi ouvir um “desabafo” a la LULA !

Fred: Seja menos nervosinho e olhe em volta. Se qualquer repórter coloca uma matéria que você ache injusta , veja o porque ela sugiu... Veja se não existem SakeFruits na parada...Veja se não existem corpo mole nas jogadas e falta de raça no campo...

A melhor ( e única ) resposta que um profissional tão bem remunerado pode dar e suar sua camisa em campo.

É muito simples imaginar o que fez um Sóbis guerreiro e artilheiro ,m capaz de passar mal em campo ao fim de cada batalha se transformar em um coadjuvante de luxo...

É muito simples ver nos cruzamentos “perivaldianos” do Bruno e Carinhos , que seu passe final sai sem direção como se eles lembrassem do rateio desigual no bicho ou nas “vantagens adquiridas pelos outros...

É muito triste ficar numa arquibancada imaginando os porquês...e porquês... e porquês...

Não preciso ser adivinho de fim de ano para prever que minhas camisas vão tirar férias no armário em 2015...

No lugar de sinalizarem com organização e determinação o que presenciamos é um amontoado de incertezas.

De pouquíssimo profissionalismo.

De nada ou quase nada de comprometimento...

Nossa Cúpula tricolor deve já estar há algum tempo preparando os passaportes e planejando as férias em Miami , afinal inventaram um torneio só para “relaxar” ...

Afinal , tiveram muito trabalho esse ano , desmontando a pouca organização que tivemos e o bom time que um dia nos deu a alegria de ser Campeão !

Feliz Natal a todos e que Papai do Céu nos ajude em 2015 ...

Que o Senhor do Bonfim não permita o mesmo destino do General Severiano para nosso Álvaro Chaves !

Saudações (Always) Tricolores !

Julio Drummond

Julio Drummond´
Fonte: ddjr2003@hotmail.com

 
CRÔNICAS ANTERIORES:

Dia 13 - Julio Drummond - 14/08/2017
AxeFLU - Julio Drummond - 07/07/2017
Crônica sobre o título de 1995 - Joaci Tavares de Araújo Júnior - 01/07/2017
Perdas & Ganhos - Julio Drummond - 01/07/2017
Desclassificação ? - Julio Drummond - 07/06/2017
MD - Julio Drummond - 23/05/2017
A batalha - Alexandre Pardal - 05/05/2017
Ser Tricolor - Julio Drummond - 02/05/2017
Salve Jorge - Julio Drummond - 02/05/2017
Da Angústia a Glória - Joaci Tavares de Araújo Júnior - 02/05/2017
Maracanã - Julio Drummond - 19/04/2017
Betales I - Julio Drummond - 08/04/2017
fla x FLU - Julio Drummond - 05/04/2017
Nice to meet you - Julio Drummond - 05/04/2017
2017 - Julio Drummond - 13/02/2017
2016 - Julio Drummond - 16/01/2017
9 de julho - Julio Drummond - 02/08/2016
Shopping ? - Julio Drummond - 28/07/2016
Único e Indivisível - Julio Drummond - 04/07/2016
Xadrez & Dama - Julio Drummond - 23/02/2016
Água - Julio Drummond - 01/02/2016
1904 - Julio Drummond - 17/08/2015
Roberto - Julio Drummond - 17/08/2015
Fifty - Julio Drummond - 10/07/2015
KW - Julio Drummond - 10/07/2015
beleza geral - Julio Drummond - 10/07/2015
Grão ou Gota ? - Julio Drummond - 12/02/2015
Será o inicio do fim ??? - Julio Drummond - 04/02/2015
Cinquentenário - Julio Drummond - 27/10/2014
     (1)  2  3  4  5  6  Próxima  Última 
  


Copyright (c) 1998-2017 Sempre Flu - Todos os direitos reservados