Colunistas -

Partidaça Do Flu. Mas, E Os Salários? (29/04/2018)

Belíssima partida do Fluminense, contra um São Paulo duríssimo de roer, e contra um juiz parcial, que permitiu a violência e a deslealdade dos paulistas, e não marcou um pênalti escandaloso – que ele viu sim, foi na frente dele.

Tivemos alguns gigantes em campo, como o lateral Leo (partidaça), Gum (como sempre), Ayrton Lucas e Richard. Pedro está jogando muito bem e conseguindo cumprir sua tarefa, marcar gols. Faltam ao nosso garoto centro-avante melhor colocação na área e mais força física, mais poder de decisão.

Técnica ele tem de sobra. Dá belos passes e assistências. O resto, ele pode ganhar com treinamento e mais atenção no que fazem ou faziam os grandes mestres, como Fred, Romário, Cristiano Ronaldo etc. Mas precisa força física e capacidade de decisão.

Leo é melhor do que Gilberto, que por sua vez é muito melhor do que o pobre doente Lucas, nosso titular no ano passado. Estamos bem ali. Leo é forte, marca bem e chega com razoável competência na frente. Fez cruzamentos ótimos e mandou um balaço do meio da rua no travessão.

Nossos problemas principais estão na zaga: Renato Chaves e Frazan são dois a menos em campo. Quando Frazan saiu, o time foi da cachaça 51 ao Chivas 12 anos. Melhorou demais. Precisamos ser mais ousados, Abelão. Eu gostaria de ver uma zaga com apenas dois, Gum e Luan Peres. Ainda bem que temos o guerreiro Gum. Gigante nesse domingo.

Estou também curioso pra ver o Dodi no lugar do Jadson, que caiu muito e não parece capacitado para ser titular absoluto, apenas um bom banco. Robinho reapareceu acordado e buscando jogo.Bom cruzamento para o gol de Pedraço.

Mas gosto principalmente, amigos, da garra do time, da vontade de vencer, daquele estilo de time que sempre nos levou a grandes vitórias, que não se entrega nunca. Guerreiros. E olhem que o São Paulo também foi guerreiro e tem elenco melhor. Mas nós os engolimos no segundo tempo.

Boa notícia também a chegada no Sportv do melhor locutor esportivo da televisão hoje, Gustavo Villani. Sóbrio, imparcial e nem deixou o Edinho nos roubar nos comentários. Edinho ficou até constrangido de dizer as tradicionais bobagens contra o Flu.

Vou repetir o que tenho dito de forma até aborrecida nas últimas semanas: confio no time e no espírito dos jogadores, vários deles promissores e comprometidos. Mas temo muito a incompetência diretoria, que não pagou ainda os salários de março.


Atraso de salários pode ser fatal, como quase foi no ano passado. Os caras fazem tudo errado, sô!

-


 
Desculpe, não há artigos no momento.
  


Copyright (c) 1998-2018 Sempre Flu - Todos os direitos reservados