Colunistas -

Dependemos Dos Salários Em Dia. E Já Atrasaram... (23/04/2018)

Eu só temo sinceramente uma coisa, amigos: os atrasos de salário, que estão começando agora em março/abril, e a venda irresponsável e a preço de banana dos garotos que começam a se destacar, na próxima janela internacional. De resto, não espero título.

Mas, se os salários fossem pagos em dia até o fim, e os principais jogadores ficassem, eu nem ficaria preocupado com rebaixamento. O time consegue ser razoavelmente competitivo, o que compensa a fraqueza ofensiva. Acredito também que alguns dos garotos desse time sub-20 do Leo Percovich vão acabar subindo.

Nas entrevistas pré e pós jogo, vemos um grupo de jogadores motivadíssimos, a fim de mostrar serviço e muito unidos. A vitória sobre o Cruzeiro foi empolgante, porque conquistada na raça. Mas a indigência técnica do time (o deles também!) é assustadora. A incapacidade de matar o jogo em um contra-ataque é alarmante.

Eu disse empolgante? Pois foi um exagero. Foi legal, nada mais do que isso. Não consigo me desligar do sofrimento dos dois últimos anos, quando fizemos ótimos Campeonatos Cariocas e não chegamos ao título porque a máfia do Roubinho não deixou. Começamos bem os dois brasileirões.

Parecia que poderíamos sonhar. Mas logo a realidade desabou sobre as nossas cabeças. A incúria e a incompetência das nossas diretorias nos levou a sofrer até as últimas rodadas, com os jogadores falando mal do clube e reclamando que o ambiente estava um inferno, pela falta de salários.

Por isso, comemoro com muito cuidado. A diretoria é inidônea. Sempre estraga tudo.

Eu me divirto quando Gum, Pedro e outros jogadores que são injustamente perseguidos pela torcida mostram do que são capazes. Gostem ou não, Gum é o nosso melhor zagueiro, mas depende, claro, de que todo o time marque e colabore, como acontece no futebol moderno.

Pedro sabe realmente jogar, faz um belo pivô e precisa ainda aprimorar alguns fundamentos. Mas ele vai melhorar, está crescendo, já consegue se impor fisicamente, é habilidoso e só agora completou 20 anos. E tem outra coisa: o time não ajuda, ele joga isolado na frente contra dois zagueiros e um volante.

Se tivéssemos um bom meia e dois jogadores de velocidade, ele já estaria se destacando muito mais.

E o chiqueiro de São Januário, hein? Tentaram linchar o time sub-20, invadiram o campo, e só não aconteceu uma tragédia por muita sorte. A Federação de Futebol do Rio é dirigida por bandidos, por criminosos impunes, e o nosso clube por bundões e covardes.

-


 
Desculpe, não há artigos no momento.
  


Copyright (c) 1998-2018 Sempre Flu - Todos os direitos reservados