Colunistas -

Dinheiro No Cai Do Cu... (17/04/2018)

Abel Braga é muito protegido pela mídia e pelo clube, que não tem organização institucional.

Tomar gols depois dos 40 minutos pela oitava vez neste ano, e perder jogos importantes e títulos desta forma, por quase dois anos a fio, é responsabilidade do técnico.

Erros absurdos nas substituições e manutenção de jogadores como Renato Chaves, que não tem a menor condição de jogar no Fluminense, tudo isso deve ser posto na conta de Abel.

Revejam o gol do Curintcha: Renato Chaves simplesmente pára e não acompanha o jogador que vai ao fundo e cruza para Rodriguinho. E o pobre do Gum leva a culpa.

Quantas partidas já perdemos por causa desse jogador? Ele compromete o trabalho de todo o grupo. Abel parece seguir simpatias pessoais para escalar o time e dar chances aos jogadores de que dispõe.

Tudo bem, tudo bem, concordo que o plantel não oferece opções. Mas os erros e omissões do técnico são assustadores.

O centro-avante João Carlos também precisa aprender que atacante não pode mais apenas esperar pela bola. Ele entrou e simplesmente plantou-se como um poste no círculo central. Não apertou os zagueiros que saíam jogando, não participou do jogo, tornou-se uma presa fácil. Um inútil.

E ele tem potencial. Mas não poderia ter sido lançado daquela forma. Os erros no Fluminense se repetem, torneio após torneio, eliminações em sequência, uma depois da outra, derrotas evitáveis se acumulando.

E o maior dos erros vai acontecer de novo: o mês de março ainda não foi pago, e vamos daqui a pouco encerrar o mês de abril.

Em pouco tempo, teremos os jogadores mais uma vez desmotivados pela falta de pagamento. E motivação é o que restou a este grupo. Pobres de nós, torcedores. E ainda vem o Abel criticar a torcida pelas vaias eventuais e merecidas.

É desmotivador saber que nada se pode esperar, a não ser escapar do rebaixamento. O time atual talvez não caísse, em condições normais. Só que não é normal esperar que o dinheiro dos salários caia dos céus.

Ah, como eu gostaria de estar comentando sobre jogadores, sobre nossas possibilidades no campeonato, de pelo menos lutar por uma vaga na Libertadores. Mas como não falar sobre a forma como o clube é dirigido?

Há uma turma que se queixa das críticas à gestão do clube; dizem que são "ataques politicos". Sim, alguns são. E a oposição, realmente, é muito ruim.

Mas como dão argumentos à oposição!

Estamos vendo agora o inimaginável: é possível que contratemos um jogador com artrose nos dois joelhos!

O clube, a instituição Fluminense, está sendo humilhado pela própria direção. E ainda reclamam da torcida...

-


 
Desculpe, no h artigos no momento.
  


Copyright (c) 1998-2018 Sempre Flu - Todos os direitos reservados