Colunistas -

Abad Presidente (01/08/2016)

Oioi, amores e amoras!!!

Após a goleada sobre a Ponte no Giulite Coutinho, o golaço do querido Wellington que voltou pra ficar e a marcante presença da nossa linda torcida que abraçou de vez Edson Passos e nossos guerreiros... bora falar um pouquinho da política do Flu ?

Hoje, declaro meu apoio ao candidato Pedro Eduardo Silva Abad, 45 anos, Auditor Fiscal da Receita Federal, atual Presidente Do Conselho Fiscal do clube e que conta com o apoio do grupo político Flusócio.

Por uma clara necessidade de continuidade do excelente trabalho realizado pelo atual presidente Peter Siemsen, de quem sou fã...

Pela admiração que tenho - mesmo não sendo membro - pelo grupo político que surgiu nas arquibancadas do Maracanã e que hoje nos representa no Conselho Deliberativo do clube...

Pedro Abad terá meu voto na próxima eleição para o cargo maior do Fluminense Football Club. A primeira eleição de nossa história, que terá a efetiva participaçao do torcedor.

Voto decidido, claro que não deixaria de tentar buscar a oportunidade de fazer algumas perguntinhas e trazer as respostas para meus amigos tricolores.

Agradeço a gentileza do presidente, que prontamente me retornou.Vamos ao que interessa!

Kelly - Primeiramente, aquela curiosidade de torcedora de arquibancada... Quando foi que começou o seu caso de amor e identificação com o Fluminense?

Abad - Desde que me entendo por gente. Meu pai é tricolor também e me levava para ver os jogos, desde os 4 anos. Depois, eu mesmo ia aos jogos, quando ele não podia.Tinha coleção de posters do Fluminense,tinha coleção da Revista do Fluminense, enfim, tudo me interessava.Ser sócio do clube,na minha infância/adolescência era algo "inatingível" na minha cabeça. Me ver hoje como Presidente do Conselho Fiscal e com tanto apoio para me candidatar à presidência do clube é algo incrível.Muita responsabilidade.

Kelly - Pedro, como se dará a oficialização de sua chapa ? Você pretende divulgar os nomes e composição dos membros dos principais cargos do futebol, como vice de futebol, diretor executivo, vice de marketing, vice de projetos especiais - hoje fundamental e ocupado pelo querido Pedro Antônio - antes do pleito ?

Abad - Qualquer chapa só é oficializada em novembro. Mas posso te afirmar que a intenção de disputarmos o pleito será levada até o fim. Nomes é algo complexo, porque depende de outros grupos que estarão juntos conosco nessa eleição. Pedro Antônio naturalmente continuaria na gestão,se for desejo dele.

Kelly - Em breve teremos um dos mais modernos CTs do Brasil, mas já está definido que o prédio (torre de seis andares) e que poderá servir inclusive para concentração dos jogadores, será tarefa da próxima gestão. Há já algum projeto para continuidade efetiva das obras e garantia de recursos para a finalização de um projeto tão importante ?

Abad - O CT é orgulho de todos nós. Vamos analisar inicialmente a operação do que já estará em funcionamento, com o respectivo custo de manutenção, faremos as previsões de gastos com a parte que ainda falta construir e estabeleceremos o cronograma de finalização da obra.É um legado que teremos que deixar.

Kelly - A gestão do futebol enfrentou sérias dificuldades principalmente após a saída da Unimed. Hoje há um sinal positivo com as recentes chegadas de Marquinhos, Wellington, Danilinho e Henrique. Na última semana foi confirmada a chegada de Sornoza e há ainda a possibilidade de outros reforços acertarem para 2017. Apesar de parecer indiscutível a qualidade dos atletas, houve questionamento imediato de outro candidato quanto à legalidade dessas contratações que utilizarão recursos da próxima gestão e que não estariam em conformidade com as regras do Profut. Ele está equivocado? Poderia expor seu ponto de vista, inclusive na condição de Presidente do Conselho Fiscal?

Abad - A administração do clube conseguiu equacionar as dividas tributárias, trabalhistas e bancárias sem adiantar nenhum centavo de cotas de Tv. É a marca dessa gestão a responsabilidade com as finanças do clube. Não seria ela a desmontar o que foi feito. As informações que demonstram isso são internas do clube.Não cabe ficar expondo isso, ainda mais em um cenário político.

Kelly - Ainda que ocorra o retorno do Maracanã e a viabilidade de sua utilização, Edson Passos parece ter sido abraçado pelo torcedor TRIcolor. Há previsão de melhorias e possibilidade de continuidade de sua utilização no próximo ano, ainda que em jogos de menor apelo?. Afinal de contas... #abaixadaenossa!!!

Abad - Sim, nosso contrato com o América prevê a utilização em 2017 também.Melhorias dependem do investimento a ser feito e do numero de jogos a serem feitos lá. Ainda há ajustes a serem feitos na operação para que a experiência de ir ao estádio seja mais agradável para o torcedor e já estamos trabalhando nisso.

Kelly - O Peter falou outro dia que existe um projeto em andamento para aquisição de terreno e futura construção de uma Arena do Flu, para 30 mil TRIcolores. Acha realmente viável a realização de um projeto desse porte em sua gestão? Com o retorno do Maracanã dentro das condições do atual contrato o estádio deixaria de ser uma demanda prioritária ?

Abad - Viável é sim. Temos muitas questões envolvidas num projeto desse porte, o que o torna complexo e um enorme desafio. Não importa que seja numa eventual gestão minha que ele seja finalizado. Importa é que o projeto seja iniciado de fato.Maracanã é uma questão que está sendo trabalhada pelo clube,mas precisamos saber como será a nova forma de operar. Nosso contrato nos dá uma boa posição na negociação. Mas continuo com a tese de que um estádio nosso é o melhor para o clube.

Beijinhos TRIcolores e obrigadinha, presidente!!!

Saiba que tem o meu apoio e o de muitos TRIcolores espalhados pelo Brasil. Com sua vitória tenho a certeza de que o trabalho para um Fluminense equilibrado, forte e em constante evolução,seguirá.

#AbadPresidente #FechadaComAbad

-


 
Desculpe, não há artigos no momento.
  


Copyright (c) 1998-2017 Sempre Flu - Todos os direitos reservados