Colunistas -

Era Para Ser Sempre Assim (30/05/2016)

É isso. É apenas isso que pedíamos. Que o Fluminense fosse o Fluminense. O Fluminense sendo o Fluminense vai vencer o Botafogo na grande maioria das vezes.

O que não era o Fluminense eram aqueles times que penavam para vencer os clássicos regionais. E em geral não venciam. Por algum motivo, como se estivessem se entregado com tantos desmandos e arbitrariedades da federação estadual, os jogadores pareciam não se sentir obrigados a se esforçar nos clássicos locais.

Contra o Vasco tivemos outro momento de Fluminense no clássico do segundo turno do ano passado. Era o clássico fundamental para manter o Flu afastado das possibilidades de rebaixamento e para encaminhar o adversário para a série B. Jogamos e vencemos bem, também naquela ocasião. Mas veio o estadual e novas derrotas inadmissíveis para adversários menos fortes que nós.

No domingo fomos novamente Fluminense e eu tenho a impressão de que houve um dedo verde de Levir Culpi nessa mudança de atitude. Levir deu algumas declarações durante a semana chamando a atenção para este problema de não vencermos clássicos. Os jogadores parecem ter absorvido. O Fluminense foi superior ao Botadogo em cerca de 80 dos 90 minutos.

Ponto negativo a incrível quatidade de passes errados e de gols perdidos. Esse grave defeito do time provavelmente já tinha sido um dos responsáveis pela derrota na quarta. Contra o Botafogo, ele impediu que aplicássemos uma sonora goleada e nos colocou em risco de ceder o empate nos minutos finais, o que nos colocaria em crise, com toda certeza. Vamos treinar, gente.

Mas não podemos deixar de registrar a atuação de Fred. O nosso artilheiro sempre dando a volta por cima. Sempre nos surpreendendo positivamente quando muitos começam a alardear o seu declínio. Grande jogo, Fred!


Próximas rodadas serão importantes para determinarmos o que podemos, afinal, esperar para a sequência do campeonato. Serão alguns jogos considerados muito difíceis, contra Atlético-MG (fora), Chapecoense (fora) e Grêmio (mando nosso, mas não temos casa). Se passarmos bem por essas três rodadas, podemos sonhar com algo a mais do que nos afastar da parte de baixo.

-


 
Desculpe, não há artigos no momento.
  


Copyright (c) 1998-2018 Sempre Flu - Todos os direitos reservados