Colunistas -

Cento E Treze Anos. Ainda Falta Você! (21/07/2015)

Engraçado! O Fluminense viveu seus primeiros 97 anos de existência sem um patrocínio de grande porte. Ainda assim foi sempre campeão, sempre pioneiro, sempre glorioso. De repente um parceiro forte se vai e nós ouvimos umas bobagens, vindas de gente que não sabe nada de nada. Como iriam saber de Fluminense?

O Fluminense foi berço da seleção brasileira, forneceu o palco para a primeira vitória dela e um jogador nosso marcou o seu primeiro gol. Fomos o maior campeão do Rio de Janeiro antes do futebol do estado sucumbir sob o domínio nefasto de Eduardo Viana e Rubens Lopes. Somos o único clube de futebol detentor da Taça Olímpica. Já éramos campeões mundiais e bicampeões brasileiros quando veio o poderoso e importantíssimo patrocínio da Unimed Rio. Todos nós sabíamos que a parceria, como tudo nessa vida (exceto o próprio Fluminense), iria mesmo um dia acabar. Acabou no final de 2014. Aí os incautos, felizes da vida, subiram no banquinho, fizeram ar debochado e disseram: “o Fluminense vai acabar”.

Acabar? Por quê?

Eis que estamos com pouco mais de meio ano sem o patrocínio e o Fluminense vai muito bem, obrigado. Os que diziam que o clube iria acabar devem estar olhando preocupados para a posição de seus clubes na tabela do campeonato brasileiro, ao passo que o Fluminense está entre os três primeiros.

Não cabe aqui diminuir a importância da patrocinadora. Não sejamos injustos a esse ponto. Ela foi fundamental para a recuperação do clube após as administrações desastradas do final do século XX. Concordemos ou não com algumas atitudes do Sr. Celso Barros, o fato é que com seu apoio o Fluminense se recuperou mais rápido. Levantou novamente o astral de sua torcida conquistando três títulos nacionais e vendo uma Copa Libertadores passar muito perto. Isso com grandes jogadores vestindo a nossa camisa, como Fred, Conca, Deco e tantos outros.

Mas o Fluminense tem vida própria, tem condições de seguir sua trajetória de glórias com outros parceiros que estão e os que ainda virão. Mais rápido do que todos esperavam, o Fluminense voltou a fazer uma contratação de impacto, assinando com Ronaldinho Gaúcho. Foi o presente de aniversário para nossa torcida.

E assim chegamos aos 113 anos.

Anos de conquistas e de pioneirismos. Uma infinidade de outros anos virão. Parceiros serão sempre bem-vindos, mas nenhum deles jamais será maior que o Fluminense.

Tricolor, parabéns por ser torcedor dessa instituição que aniversaria. Parabéns por poder dizer “sou tricolor”, com orgulho e satisfação. Se você ainda não é sócio do clube, dê o seu presente de aniversário a ele. Torne-se sócio. Tornando-se sócio você passa a ser também um parceiro. Não importa as vantagens que você vai obter. Nem eu sei quais são. Os que moram fora do Rio podem acreditar que não vale a pena. Mas vale sim. Vale fazer parte dessa história. Vale ser um parceiro de seu clube de coração.

Junte-se a nós. Venha para o Fluminense. Viva o seu clube do lado de dentro.

-


 
Desculpe, não há artigos no momento.
  


Copyright (c) 1998-2018 Sempre Flu - Todos os direitos reservados