Colunistas - Cezar Motta

Bagunça Em Campo (13/08/2018)

Nunca pensei que sentiria saudades de Abel Braga. Sim, sofremos três gols em lamentáveis falhas individuais, mas poucas vezes vi um Fluminense tão mal treinado, tão desorganizado em campo.

Nos tempos de rebaixamento, nos anos 90, o problema era o baixíssimo nível técnico dos jogadores. Hoje, temos elenco para não cair, mas os atletas não sabem o que fazer em campo.

Podemos admitir que o Inter tem melhores jogadores do que nós, mas não tão melhores assim. O descalabro do primeiro tempo era que sempre tínhamos menos jogadores do que eles, tanto quando atacávamos, quanto quando defendíamos.

Nosso time não volta, e é o time que mais marca frouxo no campeonato. Tudo estoura em cima de Júlio César, Gum e Digão.

Tudo bem, digamos que o Vitória marca pior do que nós. Ou tão mal quanto nós. Mas está absurda a liberdade que o Fluminense dá aos adversários, e a falta de condições física de jogadores como o volante Aírton. Não está com ritmo de jogo de um profissional.

Antes do gol do Inter, o jogo estava equilibrado. Mas não temos jogadas, tabelas pelos lados do campo, ultrapassagens. Não temos estratégia de jogo; é tudo na base do voluntarismo, e de bolas jogadas na área para o Pedro. Nosso técnico não conhecia o time do Inter.

Nosso time não sabe esperar o adversário e armar um contra-ataque. Ao contrário. Jogamos à base de correria amalucada todo o tempo. Nesse jogo, caímos facilmente na cilada dos gaúchos. Nosso drama, além da bagunça tática, é o meio de campo, claro.

Poucos jogadores no setor, perdidos como baratas tontas depois de um jato de Detefon, e todos com nível técnico sofrível. Um técnico igualmente perdido.

E há o drama dos salários atrasados. Ao que parece, a tragédia vai começar muito antes do previsto. A turma da zona do rebaixamento está fungando em nossos cangotes, e há times melhores do que o nosso na parte de baixo.

É muito chato escrever tudo isso, de forma desesperançada, para amigos tricolores que já sabem que a coisa está muito feia. Mas o que se há de fazer?

Vou viajar e só voltarei a escrever na terceira rodada do returno. Gostaria de acreditar que há esperanças...

Cezar Motta - cezar_motta@uol.com.br


 
ARTIGOS ANTERIORES:

Bagunça Em Campo - 13/08/2018
Crônica De Uma Morte Anunciada - 09/08/2018
Crônica De Uma Morte Anunciada - 09/08/2018
O Futebol Brasileiro é A Vanguarda Do Atraso - 07/08/2018
O Futebol Brasileiro é A Vanguarda Do Atraso - 07/08/2018
Castigo Para A Covardia. - 05/08/2018
As Lembranças Que Traz Um Gol Olímpico. - 03/08/2018
As Lembranças Que Traz Um Gol Olímpico. - 03/08/2018
Defensor, O Adversário. E O Brilho Do Sub 17. - 01/08/2018
Defensor, O Adversário. E O Brilho Do Sub 17. - 01/08/2018
Lamentável... - 28/07/2018
Boa Vitória. Sinal De Tempos Melhores No Brasileirão? - 26/07/2018
Boa Vitória. Sinal De Tempos Melhores No Brasileirão? - 26/07/2018
Nosso Drama Continua. - 24/07/2018
Nosso Drama Continua. - 24/07/2018
Será A Melhora Da Morte? - 22/07/2018
Será A Melhora Da Morte? - 22/07/2018
Será A Melhora Da Morte? - 22/07/2018
Será A Melhora Da Morte? - 22/07/2018
Boas E Péssimas Perspectivas - 20/07/2018
Boas E Péssimas Perspectivas - 20/07/2018
O Fluminense Morreu - 17/07/2018
O Fluminense Morreu - 17/07/2018
Vamos Brincar No Brasileirão.... - 10/07/2018
Anatomia De Uma Tragédia - 23/06/2018
Todo Mundo Está Errado. Só Abad Está Certo - 16/06/2018
Todo Mundo Está Errado. Só Abad Está Certo - 16/06/2018
Todo Mundo Está Errado. Só Abad Está Certo - 16/06/2018
Espero Que Paguem Bem Caro! - 13/06/2018
     (1)  2  3  4  5  6  7  8  9  10  Próxima  Última 
  


Copyright (c) 1998-2018 Sempre Flu - Todos os direitos reservados